Fechar

Como inserir a criança com restrição alimentar no ambiente social?

Uma restrição alimentar, especialmente quando diagnosticada já durante a infância, deve ser tratada e acompanhada por profissionais que auxiliem cada pessoa a lidar com as consequências e adaptações necessárias em sua rotina de alimentação.

Crianças com restrições, como doença celíacaintolerância à lactose, diabetes, alergia à proteína do leite de vaca ou alergias a quaisquer alimentos, especialmente aqueles cuja utilização na culinária é mais popular, podem ser ajudadas por sua família a partir de medidas que facilitem, por exemplo, terem sempre à disposição lanches que possam ser consumidos sem causar quaisquer danos agravados pela restrição.

O convívio social, acima de tudo, não precisa e nem deve ser prejudicado, já que faz parte do desenvolvimento emocional da criança e impacta diretamente sobre a construção de sua personalidade e autoestima. Continue a ler nosso artigo e acompanhe algumas de nossas dicas para lidar com a restrição alimentar durante a infância.

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
Entender a restrição e adequar a dieta

As causas de dietas mais restritivas durante a infância são atribuídas a alergias e a intolerâncias alimentares. O que as distingue, principalmente, é o fato de que em quadros alérgicos, além dos problemas gastrointestinais, há sintomas que se agravam na pele e, em casos mais graves, pode ocorrer choque anafilático.

Já as intolerâncias se relacionam à dificuldade do organismo de digerir algum nutriente, cujos sinais mais comuns são diarreias, constipações e dores abdominais. Atualmente, além do leite e do glúten, há outros alimentos considerados grandes causadores de alergias ou dificuldades de digestão, como oleaginosas — entre elas macadâmias e amêndoas —, amendoim, ovos, soja e alguns tipos de corantes.

Para adequar a dieta, com orientação médica, é necessário tomar a medida de exclusão, já que refeições que contenham o ingrediente podem ser altamente prejudiciais. Assim, a família deve ter em seu controle uma lista do que pode ou não incluir nas refeições, bem como alternativas para preparar receitas de que a criança goste, semelhantes em sabor.

Incluir socialmente e tratar a condição com naturalidade

Após o diagnóstico da restrição alimentar, antes de tomar qualquer medida, é importante estabelecer o diálogo com a criança e explicar aquilo que pode fazer mal a ela, mas sem despertar seu medo.

Assim, permite-se que ela entenda que é diferente, como somos todos uns dos outros, entretanto não viverá uma vida de privações, já que há substituições para diferentes tipos de alimentos. Quando possível, realizar acompanhamento psicológico e terapêutico é uma solução para preparar o emocional do paciente.

Depois da conscientização, além de conversar com os familiares e explicar a situação da criança, uma reunião na escola com professores e coordenadores possibilita que eles se tornem aliados ao tratarem o problema com demais alunos e profissionais envolvidos com a rotina alimentar, como de lanchonetes e refeitórios.

Lidar com festas e ocasiões especiais

Festas de aniversário e outras ocasiões comemorativas normalmente reúnem algumas opções no cardápio que devem ser evitadas por crianças com restrições alimentares, como lactose e glúten em bolos e docinhos. Antes de o dia chegar, é válido conversar com os anfitriões da festa para saber se haverá outras opções ou, caso não haja, informar que levará lanches à parte.

Depois disso, oriente os pequenos a terem mais cuidado e relembre-os de que há outros alimentos à sua disposição para que não se entristeçam com o problema.

Se for realizar uma festa em casa, prepare um cardápio adaptado à dieta em que todos também consumam as receitas do dia a dia da criança, de forma que ela perceba que tem apoio e que sua condição não é motivo de vergonha.

Adaptar a vida da criança à sua restrição alimentar pode parecer desafiador, mas decorre de um processo natural, com etapas que evitam o seu sofrimento e incluam todos aqueles que fazem parte de seu convívio social como aliados ao conviver com a questão.

Compre produtos sem lácteos na OneMarket

  • Belive Cookies Double Chocolate Gluten Free 34g - Belive R$ 3.90
  • Mais Pura Chips Assados de Batata Doce com Ervas Finas 32g -... R$ 8.90
  • Belive Snack Batata Doce Sabor Frango Grelhado 35g - Beli... R$ 4.90
  • Carob House Alfarroba com Abacaxi 75g - Carob House R$ 13.25
  • Legurmê Molho Barbecue 330g - Legurmê R$ 19.30
  • Suavipan Bolo Integral Zero Açúcar de Maçã 250g - Suavi... R$ 13.12
  • Vittadely Kit Snacks Multicereais Poplev 50g (4 unidades) - ... R$ 25.08

Veja outros produtos

Comentários

Comentário

Fechar