Fechar

Quando podemos considerar que são produto sem lactose?

A intolerância à lactose atinge 35% dos brasileiros com mais de 16 anos, segundo o Instituto Datafolha. Mas você sabe em que ela consiste? A lactose é o principal açúcar presente no leite dos mamíferos. Algumas pessoas não reagem bem a ela e podem apresentar sintomas abdominais como dores, flatulências, náuseas, diarreias, vômito e má digestão. Para evitar esses incômodos, muitos aderem aos produtos sem lactose.

Ao fazer essa adaptação, é importante manter atenção a algumas informações: você sabia que, ainda que esteja escrito “sem lactose” no rótulo de um produto, ele pode conter, sim, essa substância, mesmo que em menor quantidade? Mas como saber quanto de lactose tem um produto? E qual o máximo ele pode ter para que ele seja considerado sem lactose?

Ficou curioso para saber mais? Continue a leitura e tenha acesso a essas informações!

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
E se não houver mais o consumo do leite?

A dieta restritiva não é uma opção recomendada pelos médicos. Afinal, o consumo de leite é uma ótima fonte de cálcio para o organismo. A ausência do cálcio pode provocar diversos problemas de saúde, entre eles o desenvolvimento da osteoporose. A restrição do leite também pode diminuir em nosso organismo a quantidade de nutrientes como as vitaminas A e D e o fósforo.

Felizmente, existem, sim, marcas de leite que não contêm nenhum traço de lactose. São produtos livres de qualquer leite de origem animal. As marcas selecionadas na LacFree Box, por exemplo, seguem esse parâmetro.

Todos os produtos das caixinhas são selecionados para pessoas com intolerância e APLV (alérgicos à proteína do leite de vaca), 100% seguros. Mas sabemos que no mercado não é bem assim, por isso é sempre bom manter-se informado.

Como um produto fica sem lactose?

Primeiro, você precisa saber que a lactose não é exatamente extraída do leite — isso nem é possível. O que acontece é um processo químico que a faz ser desintegrada no leite. A responsável por isso é uma enzima chamada lactase, que provoca uma hidrólise, ou seja, a quebra de ligação de uma molécula por meio da adição de uma molécula de água.

Por essa razão, os produtos sem lactose costumam ter um sabor mais adocicado, já que aumentaram o número de glicose e galactose no alimento para que a lactose pudesse sumir do produto. É importante enfatizar também que, apesar da mudança sensorial no alimento, o valor nutricional permanece o mesmo.

Como funcionam as regras da Anvisa para esses produtos?

Anvisa publicou uma regra oficial no dia 5 de julho de 2016, que entrou em vigor no primeiro dia do ano de 2017. A regra foi considerada um importante avanço para a rotulagem de lactose em alimentos. Agora, as empresas são obrigadas por lei a informarem se o alimento contém lactose e qual sua quantidade, além do teor remanescente nos alimentos cujo teor original de lactose foi alterado.

No entanto, mesmo com essa regra, a Anvisa ainda permite que alimentos com lactose sejam rotulados como “zero lactose” ou “sem lactose”, dependendo da quantidade. Para definir em qual dessas categorias o produto se encaixa, a Anvisa abriu duas consultas públicas para que os critérios e os responsáveis por esse setor fossem ouvidos.

Quais critérios foram usados pela Anvisa?

Um desses critérios é que, se a quantidade de lactose for igual ou inferior a 1 mg por 100g ou 100ml do alimento, ele é considerado isento de lactose. Com as regras anteriores, se um produto tiver 0,5g de lactose, esse número era arredondado para zero.

Atualmente, a quantidade máxima de lactose em um alimento para ser considerado isento é 0,01g. Se o produto tiver até 1g por cada 100g de lactose, ou seja, até 1%, ele é considerado com baixo teor de lactose.

Esses critérios de avaliação da quantidade de lactose foram baseados em leis de outros países, como Alemanha e Hungria, em vigor há mais de 20 anos. Essas medidas mais rigorosas precisaram ser tomadas devido à necessidade de muitos indivíduos intolerantes à lactose saberem a variação do produto. Além daqueles considerados galactosêmicos, que não podem consumir o açúcar em nenhuma quantidade.

Mas esse limite foi definido levando-se em conta pessoas com intolerância, e não pessoas com APLV. A regra exige que produtos tenham três tipos de rotulagem para a lactose: “zero lactose“ ou “baixo teor”, para os produtos cujo teor de lactose tenha sido reduzido, e “contém lactose” nos demais alimentos com presença desse açúcar. Veja na tabela abaixo com mais detalhes qual a quantidade estabelecida para cada uma dessas rotulagens:

Quantidade de lactose Frase no rótulo
Abaixo de 100 mg/100g ou ml Zero Lactose, Isento de Lactose, 0% Lactose, Sem Lactose ou Não Contém Lactose
De 100mg até 1g/100g ou ml Baixo Teor de Lactose ou Baixo em Lactose
Igual ou acima de 100mg/100g ou ml Contém Lactose

Para não ter nenhuma surpresa desagradável, o ideal é ficar de olho na quantidade de lactose e não na rotulagem do produto. Muitas marcas enganam com rótulos enormes e chamativos.

Quais as divergências da nova regra?

Também é importante saber que a Anvisa estabeleceu um prazo de 12 meses para as cumprirem as novas regras, além de um prazo adicional de mais 12. Aquelas que não se adequarem às exigências estão sujeitas a penalidade. Ou seja, no prazo total de 24 meses todos os alimentos disponíveis no mercado devem atender a regra.

Como a nova regra é do início de 2017, hoje, dois anos depois, os rótulos dos produtos precisam estar adequados. Segundo a Anvisa, o prazo foi baseado conforme o tempo que a indústria e seus fornecedores precisam para se adaptar e também para esgotar os estoques existentes anteriormente.

Exceção feita aos estabelecimentos responsáveis pelo preparo dos alimentos, sem embalagens ou com embalagens no próprio ponto de venda por um pedido do consumidor. Estes não têm a obrigação legal de informarem sobre o conteúdo de lactose. Ou seja, locais de fabricação caseira ou pequenos estabelecimentos que vendem o próprio produto estão isentos da regra.

Compre produtos sem lactose na OneMarket

  • A Tal da Castanha Bebida Vegetal Choconuts 1L - A Tal da Castanha R$ 25.13
  • Pic-Me Kit Purê de Frutas Banana e Maçã 100g - Pic-me ... R$ 27.14
  • Qpod Chips de Coco Natural 40g - Qpod R$ 12.50
  • Genevy ZeroMilk Crisp 80g - Genevy R$ 13.70
  • Naked Nuts Pasta de Castanha de Caju com Coco 150g - Naked Nu... R$ 36.17
  • Jasmine Bebida Vegetal Biov de Arroz com Amêndoas 1L - Ja... R$ 23.90
  • Chocolife Chocolate Loov ao Leite de Coco 1kg - Chocolife R$ 149.00
  • Genevy ZeroMilk Puro 80g - Genevy R$ 13.70

Veja outros produtos

Comentários

Comentário

Fechar