Fechar

Vegetariano come peixe? Veja o que é permitido na dieta vegetariana

Questionar se vegetariano come peixe é um assunto um pouco delicado, já que os adeptos dessa alimentação têm uma dieta baseada em legumes, frutas, fibras, vegetais e grãos, excluindo todos os tipos de carne. Ou seja, não se come carne de frango, boi, porco, peixe, frutos do mar em geral nem outros animais.

Se você achava que vegetariano come peixe, pode agora se perguntar: “quais são os tipos de dieta vegetariana?”, “quais alimentos são permitidos?”. São muitas as dúvidas, não é?

Então, leia o artigo que preparamos sobre o assunto e entenda melhor sobre o vegetarianismo!

Produtos Sem Lactose é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem lactose e sem lácteos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Açúcar é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos sem açucar do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Veganos é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos veganos do país. Encontre os produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Produtos Sem Glúten é na OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos glúten do país. Encontre Schãr, Aminna, Belive, Casarão e outras marcas que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Experimentar
Conheça a OneMarket
A OneMarket é o maior mercado de alimentos saudáveis do país. Encontre snacks, alimentos a granel, suplementos e outros produtos que você ama e receba na porta da sua casa.
Quero Conhecer
Quais os tipos de vegetarianismo?

Existem alguns tipos de vegetarianismo que se dão pela inclusão ou exclusão de derivados de animais na alimentação diária.

Além disso, é importante ressaltar que há definições mais amplas que incluem o consumo eventual na dieta de peixes ou frutos do mar (como pixovegetariano, flexivegetariano, semivegetariano), mas esses não são considerados tipos de vegetarianismo.

Ovolactovegetarianos

Os ovolactovegetarianos excluem da dieta todos os tipos de carne de origem animal e seus derivados como presunto, salsicha, linguiça, etc. São permitidos, porém, o consumo de ovos, leite e derivados, além de alimentos de origem animal, como o mel.

Dessa forma, aumenta-se a variedade da alimentação e, por isso, são pessoas com menos necessidade de suplementação de nutrientes.

Interessante dizer que alguns vegetarianos optam por consumir apenas o ovo — ovovegetariano — ou apenas o leite — lactovegetariano — na rotina alimentar.

Lactovegetarianos

Assim como os ovolactovegetarianos, os lactos excluem do seu cardápio diário todos os tipos de carne. Mas há a exclusão, também, dos ovos da dieta.

Em muitos casos, quem pertence a esse grupo exclui os ovos por razões religiosas. Inclusive, é o tipo de vegetarianismo muito presente em países como a Índia, por exemplo. Geralmente, quem pertence a essa classificação pode ingerir produtos lácteos como o leite, iogurte, queijo, etc.

Ovovegetariano

Por outro lado, existe o ovovegetarianismo que, diferente do mencionado, não consome qualquer tipo de laticínios, como leite, queijo, iogurte, queijo, entre outros. Além disso, é claro, não é permitido comer carne e peixe. Porém, estão liberados para consumir ovos.

Vegetariano estrito

Nessa categoria, são excluídos da dieta alimentar todos tipos de carne de origem animal e seus derivados. Também não são ingeridos ovos, leite e seus derivados, assim como alimentos de origem animal.

O leite, aqui, é substituído por opções vegetais, como leite de aveia, arroz, amêndoas e inhame.

Veganismo

Para os adeptos desse regime alimentar, o veganismo é um estilo de vida, já que vai muito além da alimentação. Eles excluem todo tipo de carne animal ou qualquer outro tipo de alimento que tenha origem animal.

Além disso, eles não usam produtos testados ou obtidos diretamente de animais, como cosméticos ou roupas. Por exemplo, o couro, a lã e alimentos como a gelatina (tendões e cartilagens), o mel, corantes feitos à base de animais e outros insumos da indústria derivada de animais.

Para quem adota esse estilo de vida, tudo que tenha origem no sofrimento dos animais é excluído de sua rotina.

Assumir essa dieta vegetariana é um ato saudável — se feito de modo responsável — já que o consumo de alimentos de origem animal pode trazer muitos malefícios.

Na maioria dos casos, os praticantes dessa dieta vegetariana se solidarizam com todo tipo de exploração que os animais sofrem, tendo em vista o processo que eles passam para que os humanos possam consumir carne animal e seus laticínios.

Por essa razão, são considerados vegetarianos estritos, porém nem todos os vegetarianos estritos são veganos.

Vegetariano semiestrito

Esse tipo de dieta vegetariana é pouco conhecido para muitas pessoas e se assemelham ao veganismo. Assim como a maioria delas, claro, é proibido o consumo de carne e peixe, além dos laticínios.

A diferença fica por conta do consumo de mel, que, para os adeptos, é permitido. Quanto ao resto da filosofia vegana, os vegetarianos semiestritos seguem à risca.

Frutívoros

Aqui, a alimentação é exclusivamente de frutos. É excluído todo alimento de origem animal e, ainda, verduras, legumes e cereais.

Por ser extremamente restrita, há poucos adeptos dessa dieta, e o seu radicalismo torna ainda mais essencial o acompanhamento de um profissional da saúde. Mas, de forma geral, o ideal é começar a mudança do cardápio aos poucos para prevenir o risco de doenças e problemas de saúde.

Crudívoros

Nesse tipo de dieta, os adeptos, além de cortarem completamente os alimentos de origem animal, devem eliminar qualquer item cozido, frito ou assado. A dieta vegana, para eles, é ainda mais restrita e recebe o nome de crudivorismo por ter uma filosofia que privilegia apenas os alimentos crus ou com um preparo que não gere alteração na sua propriedade. Isso porque o cozimento poderia levar à perda de nutrientes.

A partir dos 40 graus, as enzimas responsáveis pelo transporte de nutrientes para nossas células podem ser destruídas. Isso dificulta o aproveitamento completo dos nutrientes dos alimentos, o que dificulta a digestão e leva ao gasto das nossas reservas. Por isso, no crudivorismo, a dieta vegetariana pode ser no máximo aquecida, mas não cozida.

Vegetariano come peixe?

É recorrente vegetarianos ouvirem esse questionamento. Há pessoas que consomem peixes e frutos do mar, mas se consideram vegetarianos.

Contudo, os peixes são animais, assim como mamíferos e aves. Sentem dor, medo e são conscientes. Não há motivos para não serem tratados com a mesma consideração que os demais.

Quais são os impactos no meio ambiente?

A cada ano, avalia-se que a indústria pesqueira retire dos mares cerca de 30 milhões de pescados para o consumo humano. Dessa forma, segundo cientistas, muitas espécies podem desaparecer nos próximos 50 anos. As mesmas espécies hoje ameaçadas poderão ser extintas com consequências ambientais ainda imprevisíveis.

O maior receio dos estudiosos é que os danos provocados até agora sejam irreversíveis. Um estudo no Canadá, com cerca de 100 espécies de peixe, nos mostra que populações marinhas reduzidas em mais de 60% podem nunca mais se recuperar.

Além disso, piscicultura polui o solo, a água e a atmosfera. Tendo essa consciência, quem adota a dieta vegetariana não come carne de origem de qualquer animal, nem mesmo peixe.

Mas, sem consumir peixe, como ingerir ômega 3?

Pela sua dieta, é natural que os vegetarianos passem a ingerir menos ômega 3 que as pessoas carnívoras. Entretanto, é totalmente possível consumir esse tipo de gordura por meio de fontes vegetais.

Substitua o peixe por gorduras monoinsaturadas, sendo o azeite uma excelente opção, por exemplo. As sementes também são aliadas de quem deseja manter uma dieta vegetariana sem prejuízo nutricional. O cânhamo, a chia e a linhaça são ricos em ômega 3. Não se esqueça, também, das nozes, algas e as beldroegas, boas fontes desse nutriente.

Não pense que os pratos se tornam menos saborosos a partir da dieta vegetariana. As diferentes combinações entre os alimentos podem formar receitas nutritivas e saborosas. Os temperos como cebola, alho, hortelã, manjericão, orégano, salsa, curry, etc. podem ser um atrativo a mais para os seus pratos.

O melhor de tudo é que a dieta vegetariana diminui os riscos de problemas na saúde e, ainda, nota-se uma melhora principalmente para diabéticos e portadores de problemas cardiovasculares.

Diferente das soluções temporárias para perder peso, a dieta vegetariana propõe toda uma mudança no estilo de vida e, ainda, faz isso por razões éticas.

Compre produtos veganos na OneMarket

  • BiO2 Barra de Proteína Açaí 40g - biO2 R$ 7.74
  • OneMarket Damasco Turco Granel 250g - OneMarket R$ 11.14
  • Mais Pura Pipoca Sabor Tomate Defumado 50g - Mais Pura R$ 10.40
  • Genevy ZeroMilk Crisp 80g - Genevy R$ 13.70
  • B-ON Barra Workout Coco + Matchá 50g - B-ON R$ 14.90
  • BiO2 Barra SuperFood Choco 12x38g - biO2 R$ 65.00
  • A Tal da Castanha Pasta de Castanha de Caju + Coco 200g - A Tal da C... R$ 40.90
  • Natural Science Doce de Leite de Coco 210g - Natural Science R$ 24.50

Veja outros produtos

Comentários

Comentário

Fechar